A referência por trás da Skarlet de Mortal Kombat



As falas que antecedem as lutas em Mortal Kombat 11 costumam ter muitas referências internas e é uma delícia reconhecê-las. No entanto, a minha referência favorita é externa.

O ator Hollywoodiano Johnny Cage (full inspirado em Jean Claude Van Dame) entra na arena e pergunta a Skarlet, "Que foi Skarlet?". Aí que ela responde com toda a dramaticidade de sua voz rouca:

- Os deuses serão testemunhas: EU NUNCA PASSAREI FOME NOVAMENTE!

Para o player de Mortal Kombat a frase não causa estranheza, uma vez que Skarlet é uma órfã tirada das ruas e de uma infância miserável e famélica por Shao Khan.



Mas se além de gamer, você também gostar um pouco mais de cinema e literatura, vai reconhecer outra Scarlett, a O'hara que na cena épica de "...E o vento levou", diante de um campo devastado, ergue em direção ao sol uma raiz, a única coisa que encontrou para comer e diz:

- Por Deus eu juro! Por Deus eu juro eles não vão acabar comigo! Eu vou passar por tudo isto e quando terminar, jamais sentirei fome de novo. Nem eu nem minha família. Mesmo tendo que matar, mentir, roubar ou trair, eu juro por Deus jamais sentirei fome novamente!


Eu que já tinha eleito a Skarlet como minha personagem favorita de MK11, fiquei ainda mais apaixonada pela vilã. Porque ela é o puro juramento de Scarlett O'Hara. Para não passar fome novamente ela aceitou a proteção e os ensinamentos de Shao Khan, aprendendo a matar, mentir, roubar e trair.

A resposta do Johnny Cage a essa fala de Skarlet também é o puro suco de um astro do cinema dos anos oitenta, no auge do sucesso e da arrogância: 

- Francamente querida... Eu não me importo.

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.