Escola em Uberaba funciona em posto de gasolina às margens da BR 262

No jornal de Uberaba de hoje (08 de novembro de 2013) foi publicada notícia de que o Vereador João Gilberto Ripposati pediu agilidade n...



No jornal de Uberaba de hoje (08 de novembro de 2013) foi publicada notícia de que o Vereador João Gilberto Ripposati pediu agilidade na construção de escola estadual no bairro Beija Flor II em Uberaba. Recentemente o deputado uberabense Antônio Carlos Lerin alardeou que o governo estadual, liberou a verba para a construção da escola. Se essa escola vai finalmente sair do papel, só o tempo dirá. Mas é fato que já há alguns anos que ela tem sido anunciada, prometida e a população daquela região, até aqui teve que se contentar com um bloco de salas comerciais no pátio anexo a um posto de gasolina no bairro Morumbi.

Para não dizerem que estou exagerando, vamos a linha do tempo dessa escola:

Em 25 de outubro de 2009, matéria publicada pelo Jornal da Manhã traz informações de que a diretora da Secretaria Regional de Educação Vânia Célia já havia informado anteriormente que a construção da escola seria iniciada imediatamente após a liberação da verba (cerca de R$2,5 milhões). Só que no Pacaembu.



O deputado Narcio Rodrigues faz em abril de 2010 o mesmo anúncio que o deputado Lerin fez nesse segundo semestre de 2013.



Notícia publicada pelo Jornal de Uberaba de 13 de maio de 2010 anuncia a aprovação pela Câmara de Uberaba,  do projeto de lei 041/10 autorizando a doação de uma área de 6.447 m² ao Estado para a construção de uma escola estadual no bairro Cândida Borges (Beija Flor III)



Em  janeiro de 2012, não conseguindo mais protelar, o governo estadual  "instala" a Escola Estadual Pacaembu em prédio comercial entre um posto de gasolina e um restaurante no bairro Morumbi. A escola fica em frente a BR 262. Mais uma vez a diretora Vânia Célia afirma que em breve a escola será construída e inaugurada.



Em 26 de junho é publicada no diário oficial a lei 20.260/12 que denomina como Escola Estadual Francisco Cândido Xavier a escola estadual de ensino fundamental e médio instalada na avenida Américo Pessato número 100, bairro Pacaembu. Acontece que no Pacaembu não existe Escola Estadual nenhuma. Lá está a Escola Municipal Professor José Geraldo Guimarães, contruída na gestão Anderson Adauto, tendo sido aprovada pela Câmara na gestão Odo Adão, pouco antes do fim de seu mandato. 



Espero sinceramente, que agora isso se resolva. Não estou questionando a qualidade do ensino oferecido, até porque os pais estão satisfeitos com os professores. O problema é o local e a inoperância do poder público. Porque aquilo que chamam de escola, não é jeito de uma cidade do porte de Uberaba, de um estado rico como Minas Gerais tratar seus estudantes. Porque enquanto nesses cinco anos de enrolação, políticos se aproveitaram da expectativa da construção dessa escola, os alunos ficaram um tempo acomodados por empréstimo na escola Municipal da região e depois amontoados feito bichos num espaço minúsculo, expostos a todo o tipo de risco que um pátio de caminhões na beira da estrada pode oferecer a menores de idade.

Escola Estadual de Ensino Fundamental e Médio do Pacaembu - foto acervo pessoal - JAN 2012

Alunos do período noturno lanchando no corredor - foto tirada pelos próprios alunos e postada em site criado por eles




Pode ser interessante para você

0 comentários

#ad

Flickr Images

Web Analytics