Por um dia de Ada Wong - Finalizando a balestra

Bom, esse será um post mais curtinho (eu espero). Na última postagem sobre minha peleja para ter um dia de Ada Wong eu havia finalmente te...

Bom, esse será um post mais curtinho (eu espero). Na última postagem sobre minha peleja para ter um dia de Ada Wong eu havia finalmente terminado de serrar as peças em mdf. Depois disso foi só colar com uma cola específica para madeira e isopor, custou 3,50 cada tubinho. Gastei um tubinho e meio. Depois lixei para dar uma ajeitadinha no acabamento.


Antes de pintar - o arco também não estava colado, só encaixado

Hora de pintar a balestra. Como bem me alertou o Vitor Neves algumas tintas corroem o isopor. Então se você não comprar uma tinta específica que pinte madeira e isopor, é preciso tomar alguns pequenos cuidados na hora de pintar.

Usei a tinta spray preto fosco da Chemicolor que NÃO É uma tinta específica para isopor. Ou seja, se você bater a tinta direto no isopor, vai correr tudo e não vai sobrar nada. Primeiro dei uma demão de selante acrílico à base de água em toda a peça, tanto madeira quanto isopor. Deixei secar de um dia para o outro. No dia seguinte, passamos então à parte de pintar com o spray. Deve-se manter uma distância de uns 20cm e ainda assim pode deformar o isopor. A balestra já estava toda pintada, quando resolvi para ficar mais garantido, revestir as partes de isopor. Nos espaços retos, usei papelão, recortei pedaços da caixa de um liquidificador. A parte de papelão cru, foi a que colei direto na balestra. A parte que tinha o revestimento envernizado, ou seja a parte externa da caixa foi a que recebeu a camada de tinta. Foi bem rápido e simples, a tinta aderiu bem. As partes curvas, eu revesti de jornal e foi super tranquilo. Ou seja, antes de pintar as partes em isopor, já revista direto com o jornal. Fica muito natural. Ah, o spray custou R$13,90.




Após a primeira pintura. Essas pintas brancas são lugares onde
a tinta corroeu o isopor
Já o arco, que era uma parte mais frágil, revestimos com fita isolante. Um rolinho foi a conta certa. Para a corda, usei um cordão vermelho que eu tinha em casa, vermelho vinho, bem resistente. No centro do arco não revesti com a fita, apenas coloquei uma base de mdf que foi a parte colada no corpo da balestra. Depois de colar, amarrei com lã apenas para dar sustentação enquanto colava

Depois que revesti as partes de 
isopor com papelão e jornal

Resumo da ópera

Objetivo alcançado! Fiquei bem feliz com o resultado, mesmo a balestra tendo ficado meio tosquinha... O arco acabou quebrando no fim do evento, enquanto eu saía do camarim dos palestrantes. Mas como eu já tinha me decidido por fazer um arco diferente, após ver alguns cosplayers de TWD nao me chateei. Mas o mais legal é ver que as pessoas reconheciam a personagem (afinal este é o objetivo do cosplay) e mesmo eu não sendo parecida em nada com a Ada Wong, as pessoas me chamavam pelo nome da personagem pra tirar fotos. No fim das contas, vale a pena você mesmo fazer seu cosplay. Se eu não tivesse comprado a placa de madeira, teria gastado meros R$50,00 para fazer essa balestra. A dica é:  tente conseguir os pedaços de mdf em marcenarias. Com certeza se tivesse encomendado a um cosmaker não teria pago menos de R$200,00. 


Pode ser interessante para você

0 comentários

#ad

Flickr Images

Web Analytics