Por um dia de Ada Wong - capítulo dois, A CAMISA

Durante anos, nos games e também no cinema, a roupa de Ada Wong foi um sensual vestido vermelho com fenda lateral. Daí o carinhoso apelido ...

Durante anos, nos games e também no cinema, a roupa de Ada Wong foi um sensual vestido vermelho com fenda lateral. Daí o carinhoso apelido de bitch in the red dress. Mas em Resident Evil 6 Ada, assim como os demais personagens, envelheceu e o provocante vestido deu lugar a roupas mais práticas (ou então que pelo menos evitem aquela vexatória mão boba do Leon...).



Cosplay simples calça preta, camisa vermelha. Nem tanto né?

A busca pela camisa começou no centro de Uberaba. Entrei nas Pernambucanas e lá até havia camisas vermelhas, mas nenhuma que ao menos parecesse com a de Ada. Caminhei mais um pouco e na Oxigênio (antiga Mix) encontrei uma camisa vermelha até parecida, por R$49,90. Mas o acabamento era fraquinho e acho que nem engomando eu conseguiria o efeito da gola levantada da camisa de Ada. Concluí então que encontrar uma camisa que me satisfizesse e se encaixasse nas minhas sérias restrições orçamentárias não iria rolar.

O jeito seria fazer a camisa!



Foto do Google Maps
Peguei o pobre do Mariano pela mão e fui enfiando ele no meio do povo, saí da Leopoldino de Oliveira , entramos na Artur Machado e fomos até a Casa da Sogra, uma antiquíssima loja de tecidos da cidade. Lá uma senhorinha que já devia ser vendedora de tecidos quando eu nasci, veio muito simpática me atender (milagre... Aliás eu suspeito que seja por causa do cabelo. Curiosamente, desde que cortei, tenho sido melhor atendida no comércio). Mas enfim, expliquei a ela que queria um cetim vermelho e ela foi certeira, me apresentando logo no primeiro rolo, o tom de vermelho que eu queria. Ela perguntou para o que era e eu respondi que era uma camisa. Pronto, ela me indicou comprar 1,60 do cetim (não era cetim de seda). Pagamento em dinheiro, o tecido saiu por uns R$29,00 com o desconto que ela deu sem eu nem pedir.

Feito isso, pelo facebook contactei minha costureira, a Mary Prado. A conheci por meio de um colega de faculdade. O que eu mais gosto nela (além da qualidade do trabalho, óbvio) é a praticidade dela. Eu mando a foto da roupa que quero, ela olha e me diz quanto vai cobrar, simples. Combinei com ela pelo facebook mesmo, levei o tecido e tirei as medidas ainda no fim de julho. Ontem retornei para a primeira prova. Eu achei que está ficando f*#$ pra c@*#lho. Ah, o preço combinado é de R$40,00. Deve ter um acréscimo devido aos aviamentos (botões, entretela, essas coisas), mas ainda assim é muito barato diante da qualidade.




Ah, segunda chegou a calça e ontem (terça) chegou o coldre... Mas isso eu conto depois.



Pode ser interessante para você

0 comentários

#ad

Flickr Images

Web Analytics