Medo, escuridão e uma esquina riscada de sangue no Jardim Copacabana

Fotos de Lafia Andrea Ontem estava na faculdade, atualizando as redes sociais da Web Com Uniube durante a Feira de Talentos, quando...

Acidente no bairro Copacabana em Uberaba
Fotos de Lafia Andrea


Ontem estava na faculdade, atualizando as redes sociais da Web Com Uniube durante a Feira de Talentos, quando um grupo de três fotos me chamaram a atenção. Eram fotos escuras tiradas com um celular que mostravam um acidente onde uma menina e seu cachorro foram atropelados no Jardim Copacabana, a dois quarteirões da minha casa. O cão morreu na hora e a garotinha foi socorrida pelo SAMU. 

Do acidente não posso falar muito, pois não presenciei e não tenho muitas informações. Mas da esquina onde ele aconteceu eu posso falar.

Acidente no bairro Copacabana em Uberaba
Visão da Rivaldo Machado Borges
O cruzamento entre as avenidas Rivaldo Machado Borges e  Isoleta Maria C. Abrão existe desde o início do Jardim Copacabana, muito antes de o programa Minha Casa Minha Vida ser implantado ali e dar vida a um bairro esquecido. O atropelamento foi exatamente na esquina onde, de um lado tem a obra da escola municipal e do outro um ponto de ônibus. A sinalização horizontal foi recentemente refeita, está bem visível; quem vem pela Isoleta tem que dar a preferência a quem vem pela Rivaldo.

Acidente no bairro Copacabana em Uberaba
Local onde uma menina e um cão foram atropelados na noite de 28 de agosto. 

Esse é o primeiro problema. Primeiro porque não escolhe hora. Raríssimas pessoas sabem o que significa a palavra "preferência". Via de regra que vem pela Isoleta ou pelas outras ruas que cruzam a Rivaldo, ignora completamente a sinalização de PARE riscada no chão, problema de quem vem descendo ou subindo a rua. Seta é coisa que quase ninguém no Copacabana sabe pra que serve e limite de velocidade é para os fracos. São costumeiros os acidentes nessas esquinas do Copacabana.

O outro problema surge ao anoitecer. Essa esquina simplesmente não tem iluminação. Os dois postes próximos à esquina, sequer tem a haste com suporte para lâmpada. Tão logo a noite cai, essa esquina é mergulhada numa escuridão assustadora, que aumenta muito quando o mercadinho que ali funciona encerra suas atividades. Então, além dos pseudo motoristas que não respeitam sinalização, que acham que receberam o espírito do Airton Senna, você ainda conta com faróis altos que te cegam. Passo por ali todas as noites voltando da faculdade, ou voltando da casa da minha mãe, ou de qualquer lugar a onde eu tenha ido. Daria pra fazer outra postagem com todas as vezes em que quase fomos vítimas dos diletos motoristas daquela região.

Acidente no bairro Copacabana em Uberaba
Visão noturna da esquina onde aconteceu o acidente


Acidente no bairro Copacabana em Uberaba
Postes não tem lâmpadas em trecho próximo ao cruzamento entre as avenidas Rivaldo Machado Borges e
Isoleta Adão
Acidente no bairro Copacabana em Uberaba
Poste na esquina onde ocorreu o acidente. Não há sequer o suporte
para lâmpada

Não faz sentido numa avenida movimentada como a Rivaldo Machado Borges, a iluminação ser interrompida em mais de um quarteirão. Pelo menos pra mim que moro lá, não faz sentido nenhum. E até que se lembrem de nós, a saída é além de rezar, continuar dirigindo contando com a imprudência de terceiros. Até lá, ficam o medo e o asfalto riscado de sangue.

Pode ser interessante para você

0 comentários

#ad

Flickr Images

Web Analytics