Um trem pra comer: não jogue comida fora!

Tomei um puxão de orelhas do meu querido Gleiber ( @Andarilho_Mundo ) do blog Andarilhos do Mundo por eu não estar fazendo parte do Blog ...



Tomei um puxão de orelhas do meu querido Gleiber (@Andarilho_Mundo) do blogAndarilhos do Mundo por eu não estar fazendo parte do Blog Action Day 2011. Como ainda está em tempo de me redimir, aqui vai um post sobre um tema que eu gosto muito, desde os tempos do Técnico em Nutrição e Dietética (Saudades do CEFET - hoje IFTM!!!).

O maior pecado do Brasil é ter tudo em abundância. Desperdiçamos tudo, água, energia, comida... Não estamos acostumados às privações, quaisquer dois três dias sem água, já é motivo de desejarmos insanamente a morte de alguém (principalmente o prefeito). Por isso senhorinhas jogam fora litros e litros de água limpando calçadas, e o pior dos desperdícios, JOGAMOS COMIDA FORA. E não é só a comida que sobra nas panelas que mandamos para o lixo. O desperdício começa nas lavouras, passa pelo transporte (quem nunca viu grãozinhos de soja caídos na beira da estrada?), pelos estabelecimentos comerciais e heresia das heresias, acontece em nossas casas. Segundo o IBGE de 30 a 40% dos alimentos em condições de consumo vão para o lixo. Em média 37 kg de alimento por habitante é jogado fora no Brasil todos os anos.


Tá, problema de quem não tem dinheiro pra comprar comida, vai dizer algum troll de internet (principalmente aqueles cuja a mãe ainda coloca a comida no prato e entrega na mão do infeliz), mas não é só isso. Esse desperdício tem reflexos econômicos em quem pode pagar pela comida, afinal não é só o estômago dos pobres quem paga a conta do desperdício.

No CEFET lembro de ter feito mais de um trabalho sobre aproveitamento integral de alimentos. Por que é diferente aproveitar integralmente e reaproveitar. Reaproveitar é quando você pega aquela carne que sobrou e faz farofa ou croquete, o arroz que ficou na panela processado com queijo hortelã e ovos vira bolinho... Aproveitar integralmente é aproveitar tudo. Lembro de ter feito meu trabalho sobre abóbora, um alimento considerado "comida pra porco" (é já ouvi muita gente dizer isso). Pode-se fazer as flores à milanesa, consomês com as folhas, salada com a casca, a polpa pode servir de base para risotos, nhoques, pudins e as sementes, torradas se tornam um aperitivo caríssimo!

A fartura tornou os brasileiros um povo preguiçoso. A preguiça nos leva a jogar fora, o que poderia ser alimento e que economizaria uma grana boa no fim do mês. Na internet você pode encontrar inúmeras receitas que ensinam a utilizar integralmente os alimentos. Você perde algum tempo na cozinha, mas ganha em economia e principalmente em saúde. Minha principal indicação é o Banco de Alimentos lá você não só aprende receitas ótimas, mas também se conscientiza do problema do desperdício de alimentos e encontra meios de ajudar.

E pra não dizer que não falei de flores, digo de receitas, aí vai uma receitinha de aproveitamento de alimentos que é uma delícia; sabe aqueles brigadeiros gigantes de padaria, que custam míseros R$0,50?  Pois é, lá vai:

Brigadeirão

  • 02 xícaras de sobras de bolo 
  • 01 lata de leite condensado
  • 02 colheres de margarina
  • 04 colheres de achocolatado
  • chocolate granulado


A parte mais difícil da receita é pegar a lata de leite condensado, colocar numa panela de pressão colocar água até cobrir a lata (por isso tem que ser lata, não pode ser caixinha)  e cozinhar por 40 minutos. Quando a lata esfriar você vai abrir e dar de cara com um dos melhores doces de leite da sua vida! Numa vasilha, misture esse doce de leite com as sobras de bolo (se for bolo de chocolate, melhor, economiza o achocolatado; mas pode ser bolo comum, sem problemas) a margarina e o achocolatado. Mistures com as mãos até conseguir uma massa homogênea, depois forme os brigadeirões e passe no chocolate granulado. Já fiz essa receita tanto em casa quanto em uma grande indústria onde estagiei como Técnica em Nutrição, fica uma delícia! Dá em média uns 40 brigadeirões.

Nós, brasileiros, temos muita, muita sorte. Não desperdice.

Pode ser interessante para você

2 comentários

#ad

Flickr Images

Web Analytics