Um trem pra comer - Escondidinho

Foto: Site Choppódromo Ok, já aprendemos algumas frescurinhas culinárias, agora vamos ao que interessa, cozinhar e comer. E partindo do ...

Foto: Site Choppódromo

Ok, já aprendemos algumas frescurinhas culinárias, agora vamos ao que interessa, cozinhar e comer. E partindo do princípio de  ninguém aqui tá querendo morrer na cozinha, vamos tentar fazer um trem fácil pra comer.

Escondidinho é um prato simples, gostoso e a parte triste, calórico. É um prato quente, ideal para dias frios ou jantares.

Primeiro, se você estiver afim de fazer média com alguém, impressionar aquela gata (ou aquele bofe que compensa) lembre-se de ter uma forma que você possa tirar do forno e levar à mesa. Se já tiver passado dessa fase de fazer figuração, a forma meio amassada que você tem em casa serve mesmo, sem problemas.


Voltando ao Escondidinho, vou ensinar a base e três opções de recheio, que é pra ninguém ficar sofrendo.

Pra fazer a base ou o purê de mandioca, é preciso :
01 kg de mandioca (se você não tem muita intimidade com facas, prefira comprar aquele pacotinho de mandioca já descascada e picada; a mandioca tem uma segunda casca fininha e branca que deve ser toda retirada, sem contar q faz uma sujeira danada de terra na sua cozinha)
01 xícara de leite (ou 01 copo americano) Leite pode ser leite de vaca ou de soja, quente.
300 g de mussarela ralada grosseiramente. Pode substituir por requeijão, ou por queijo parmesão ralado
01 colher de café de sal (ou um tablete de caldo concetrado do sabor que você preferir...Acho que o ideal é o caldo de Legumes que não vai interferir no sabor do recheio que você escolher)
Manteiga ou margarina
Temperos: pimenta do reino, pimenta calabresa, ervas desidratadas, o que você preferir

Aqui é a parte fácil. Cozinhe a mandioca em uma panela de pressão  até ela ficar bem macia. Procure só adicionar o sal, quando ela já estiver quase cozida. O sal além de interferir no processo de ebulição da água, no começo do cozimento, pode enganar você, já que devido ao volume maior de água, você pode acabar achando que está sem sal. Escorra a mandioca e esprema (espremedor, garfo, como der). Na vasilha com a mandioca, coloque o copo de leite e uma colher de sopa de manteiga ou margarina e misture bem, até ficar uma massa uniforme, nem dura nem mole. Se achar o purê sem sal, lembre que dependendo do recheio, é melhor que fique sem sal mesmo. Se quiser colocar temperos, uma pitada de pimenta do reino, ou de pimenta calabresa, ervas desidratadas (orégano não. Por favor, nada de deixar o Escondidinho com gosto de pizza). Tipo se você tiver um pimenteiro três sacodidinhas rápidas já dão. Se quiser acrescentar cebolinha e salsinha, coloque à vontade. Aliás, sempre que comprar salsinha e cebolinha, pique tudo e guarde num potinho no freezer, facilita muito a vida de vocês. Misture bem e reserve esse purê, que à propósito, pode ser congelado (purê de batata não pode).

Agora três recheios para o Escondidinho

Carne seca
500g de carne seca
01 cebola ralada ou brunoise
02 colheres de óleo ou azeite
Salsinha à gosto

Esse é o recheiro mais chato, por que como a carne seca, é muito muito salgada, você vai ter que deixá-la de molho em água no dia anterior e de vez em quando ir lá trocar a água para tirar o excesso de sal. Quando for preparar o recheio. Cozinhe essa carne seca por uns 40 minutos na panela de pressão, retire da água e desfie a carne. Coloque as duas colheres de óleo ou azeite numa panela e quando estiver quente, jogue a cebola, ralada se quiser que ela "suma" no recheio, ou brunoise se quiser morder os pedacinhos. Vá mexendo a cebola até ela ficar transparente e brilhante, acrescente a carne seca desfiada, misture bem e refogue por uns 5 minutos. Antes de desligar, junte a cebolinha, mexa de novo e desligue o fogo. Se quiser um recheio mais úmido, acrescente dois tomates picados à macedoine junto com a carne desfiada. Agora se você não quiser ter muito trabalho, troque a carne seca por 500 gramas de carne moída, que não precisa dessalgar nem  cozinhar na panela de pressão. Assim que a cebola estiver translúcida, junte a carne moída e refogue, quando ela secar a água que solta durante o cozimento, acrescente os tomates, sal e pimenta do reino, deixe murchar o tomate e reserve. Os dois recheios podem ser congelados.

Frango
500 g de peito de frango sem osso
02 cebola ralada
01 tablete de caldo de frango
01colher de shoyu
01 copo de requeijão
01 latinha de milho verde
04 colheres de óleo ou azeite

Frango se você for uma pessoa de sorte, vai encontrar o pacotinho já cozido e desfiado no supermercado (aqui em Uberaba, no LS Guarato tem frango e bacalhau desfiado, não lembro a marca...). Senão vai ter que comprar o peito de frango, ou sassami, e desfiar. Vamos lá:
Coloque duas colheres de óleo na panela e aqueça bem antes de  colocar uma cebola ralada. Essa cebola, você vai deixar fritar até ficar escura (escura, não preta torrada), coloque o peito de frango e deixe refogar até o peito de frango ficar com aquelas partes marronzinhas, quando secar a água do frango, coloque a colher de shoyu e deixe o frango bem moreninho. Aí junte água fervente suficiente pra cobrir o peito de frango, junte o caldo de frango e deixe cozinhar. Retire o frango desse caldo, desfie e reserve.

Noutra panela, coloque as duas colheres de óleo, doure a cebola ralada, misture o frango desfiado, o milho e o requeijão. pode usar o caldo do cozimento do frango, nesse caso, vá colocando aos poucos até ficar com uma consistência cremosa e não empelotada.

Vegetariano
01 pacotinho de nozinhos de mussarela (em média 280g)
01 maço ou um pacote de brócolis
sal a gosto
azeite
Se você não come queijo, substitua os nozinhos de mussarela, por 01 vidro grande de palmito (500g)

Mais fácil dos recheios; parta os nozinhos de mussarela ao meio, ou pique o palmito. Se comprar o brócolis in natura, limpe e jogue o brócolis em água fervente com um pouco de sal (ou um tablete de caldo de legumes), retire ele quase que imediatamente e coloque em água gelada, para dar o choque térmico e ele ficar bem verdinho. Misture os ingredientes, tempere com sal e azeite e pronto.

Montagem
Pegue a sua forma e unte com um fio de óleo (se você não tiver pincel culinário, use um pedaço de papel toalha pra espalhar aquele pouquinho de óleo por toda o fundo da forma). Coloque o recheio e cubra com o purê de mandioca. Lembra do queijo que está nos ingredientes do purê de mandioca? Então, eu não esqueci dele! Você vai cobrir o purê com o queijo, eu prefiro a mussarela ralada, mas pode ser o queijo que você preferir ou puder pagar, claro.
 Leve a forma ao forno já aquecido em fogo médio e deixe por 15 minutos ou até gratinar o queijo.

Só não exagere; a receita completa de Escondidinho de Carne Seca por exemplo tem por volta de 3713 calorias, então cuidado pra esse prato não pesar mais na consciência do que no estômago...

Pode ser interessante para você

2 comentários

#ad

Flickr Images

Web Analytics