Trocas de Natal

Olá você que já passou por todo o processo de tortura natalino (compras -> entrega -> recebimento), lamento informar mas seu sofriment...

Meez 3D avatar avatars gamesOlá você que já passou por todo o processo de tortura natalino (compras -> entrega -> recebimento), lamento informar mas seu sofrimento não acabou.

Sempre, sempre tem algo a ser trocado. Seja porque a pessoa errou a cor, o tamanho, ou simplesmente comprou aquele vestido que é a cara dela (ou seja ridículo) e não a sua. Pois bem, respire fundo e vá às trocas.

Primeira dica: não sofra. Se você não gostou do presente e não pretende usá-lo para se vingar de alguém no próximo amigo secreto,  pergunte sem culpa onde a pessoa comprou para que você possa trocar. É o mínimo de castigo que ela merece por não saber presentear as pessoas.

Já sabendo onde a pessoa fez a caga..., ops, fez a compra, pergunte também se tem nota fiscal, nota de compra, etiqueta que identifique e se possível, o nome do vendedor que a atendeu. Essa parte é definitivamente chata, mas necessária por um motivo muito simples:


A loja não tem obrigação NENHUMA de trocar o presente só porque não te serviu ou você não gostou. A troca só é obrigatória em caso de vício ou defeito no produto, então, caso não seja esse o problema, consiga o maior número de informações sobre o vendedor e a loja.

E quando fizer compras, pergunte sempre se a loja aceita trocas sem ser pelo motivo de defeito do produto. A maioria das lojas aceita, pra ser legal e cativar você que comprou e a sua vítima, que foi lá trocar o presente.

Aí algumas observações. Algumas lojas não efetuam trocas aos sábados, então nem tente ir até lá no sábado. É abusivo, sim é abusivo, é chato principalmente para quem trabalha durante a semana, mas você já ganhou um presente inadequado, não precisa sofrer além disso. Lembre-se que a menos que o produto tenha algum defeito de fabricação, o problema dele não te agradar é seu, não da loja. E eles nunca trocam por algo de menor valor, sempre de valor igual ou superior. Assim, se você tiver ganho aquela sandália altérrima que você nunca vai usar, primeiro por que é uma tortura e segundo por que te deixa com jeito de biscate, e ela for cara, tente trocar por produtos que você possa levar mais de um até atingir o preço. Normalmente você vai querer trocar por algo que ficará mais caro, aí, prepare-se para meter a mão no bolso e completar a diferença.

Enfim:
  • Ao comprar, peça sempre a nota do produto e solicite ao vendedor que conste na nota a garantia de troca imediata, pois pela lei, o fornecedor tem um prazo de 30 dias para resolver o problema.
  • Observe sempre se o produto não está naquela banquinha de promoções que normalmente não aceita troca. Produtos fora de linha, ponta de estoque raramente são trocados.
  • Tente não remover a etiqueta do presente, apesar de ser uma exigência abusiva, assim como a troca aos sábados, serve pra poupar você de mais sofrimento.
  • Se comprar algum eletrônico portátil (brinquedos e celulares por exemplo), teste na loja. Assim você entrega o presente com a certeza de que ele funciona.
  • Presentes comprados em lojas virtuais, são mais complicados; isso porque você tem 7 dias para desistir da compra e nem sempre o prazo entre o recebimento do presente e a entrega dele ao presenteado ocorre nesse prazo. Caso você dê sorte, e desista em menos de 7 dias, você pode devolver o produto e pedir a restituição do valor pago, e ao contrário das lojas físicas, a loja virtual é obrigada a trocar caso você simplesmente não tenha gostado da cor, por exemplo. (art. 49 do Código de Defesa do Consumidor). Isso vale para vendas a domicílio através de catálogos, como Avon, Natura, Hermes e coisas do gênero
  • Vale lembrar que compras feitas no exterior, não tem garantia no Brasil, então, pense bem antes de querer presentear alguém com um Xing Ling comprado nessas lojas virtuais mpalgumacoisa.com .
Bom, e seja sempre, sempre educado, mesmo que o vendedor seja um fdp de marca maior... É melhor você ver ele se ferrar por que você se queixou educadamente e com cara de Gato de Botas ao gerente, do que ser colocado pra fora da loja.

Mais sobre compras aqui no Mineira sem Freio:
Ctbc - Não faz nenhum sentido!
Parece mas não é; a indústria da pirataria na China
Compras pela Internet

Pode ser interessante para você

0 comentários

#ad

Flickr Images

Web Analytics