Já está no fim...

Pessoas, só um lembrete; o Brasil é uma democracia, o direito de voto não difere ricos e pobres, brancos e negros, sulistas e nordestinos; ...


Pessoas, só um lembrete; o Brasil é uma democracia, o direito de voto não difere ricos e pobres, brancos e negros, sulistas e nordestinos; quem faz esse tipo de distinção é gente que não vale a pena, pois se acha superior aos que não são seus iguais e por essas pessoas eu lamento profundamente.

O mais importante é o povo deixar essa postura de Pôncio Pilates de votar e lavar as mãos. Não é somente votar e deixar o caboclo lá, fazendo o que bem entende. Cada povo tem o governo que merece, então é melhor cada um assumir o seu papel enquanto agente político e construir um governo que seja de todos e não apenas de alguns.


"Agora que os mais pobres conseguiram levantar a cabeça acima da linha da mendicância e da dependência das relações de favor que sempre caracterizaram as políticas locais pelo interior do País, dizem que votar em causa própria não vale. Quando, pela primeira vez, os sem-cidadania conquistaram direitos mínimos que desejam preservar pela via democrática, parte dos cidadãos que se consideram classe A vem a público desqualificar a seriedade de seus votos. "

Trecho do artigo "Dois Pesos" de Maria Rita Kehl,
 publicado no jornal "O Estado de São Paulo" que a
demitiu quatro dias depois.

Pode ser interessante para você

0 comentários

#ad

Flickr Images

Web Analytics