Capitães da Areia

“Porque naquelas casas, se o acolhiam, se lhe davam comida e dormida, era como cumprindo uma obrigação fastidiosa. Os donos da casa evitavam...

“Porque naquelas casas, se o acolhiam, se lhe davam comida e dormida, era como cumprindo uma obrigação fastidiosa. Os donos da casa evitavam se aproximar dele, e o deixavam na sua sujeira, nunca tinham uma palavra boa para ele. (...) Mas desta vez estava sendo diferente. Desta vez não o deixaram na cozinha com seus molambos, não o puseram a dormir no quintal. Deram-lhe roupa, um quarto, comida na sala de jantar. (...) Então os lábios de Sem-Pernas se descerraram e ele soluçou, chorou muito encostado ao peito de sua mãe. E enquanto a abraçava e se deixava beijar, soluçava porque a ia abandonar e, mais que isso, a ia roubar. E ela talvez nunca soubesse que o Sem-Pernas sentia que ia furtar a si próprio também.” (Capitães da Areia)


Foi o primeiro livro de Jorge Amado que eu li, quando tinha mais ou menos a mesma idade dos Capitães da Areia e e esse foi um dos motivos que me levaram a eleger esse livro como um dos melhores que eu já li na minha vida, entre os mais de 800 que contabilizo até hoje...O livro bem escrito e o ideal de liberdade também foram decisivos na minha paixão por Capitães da Areia.

E pra mim, ao contrário de muita gente nova por aí, não é vergonha nem crime algum, gostar de literatura brasileira; muitos jovens com quem converso, acham lindo, menosprezar nossos autores nacionais e enaltecer escritores estrangeiros, que por melhor que sejam as traduções, não escreveram para olhos acostumados ao português, então, muito da essência se perde na tradução.

A história contada no livro, fala de uma Salvador da década de 50, charmosa e tomada por crimes, praticados por um bando de crianças que, amotinadas no cais, receberam a alcunha de Capitães da Areia. Jorge Amado nos apresenta um ano da vida desses meninos, suas descobertas, seus medos, seu fim.

Em 2010 Capitães da Areia terá sua versão cinematográfica com direção de Cecília Amado; o teaser você confere agora:



Para saber mais sobre o filme, visite o site oficial


fonte:Uol Cinema

Pode ser interessante para você

2 comentários

#ad

Flickr Images

Web Analytics