Na onda do Google Wave

Bom, quando me deparei com a tela do Google Wave, tenho certeza que fiz a mesmíssima pergunta de N milhares de pessoas pelo mundo nos mais d...

Bom, quando me deparei com a tela do Google Wave, tenho certeza que fiz a mesmíssima pergunta de N milhares de pessoas pelo mundo nos mais diferentes idiomas: Tá, o que faço agora?

Bom, primeiramente não achei o Wave lá dos mais intuitivos, e o tutorial dado por eles, é em inglês então também não é muito útil pra quem não conhece o idioma.

A primeira impressão é de que é uma caixa de e-mail...mas antes fosse simples assim, afinal como diriam aquelas propagandas, não é só isso. O Google Wave é uma ferramenta de colaboração, compartilhamento e comunicação; você pode usar como mensangeiro instantâneo, editor de documentos, fórum, desde que obviamente, tenha com quem conversar. A medida que pessoas que já são seus contatos do gmail.com, vão entrando na onda, sua caixa de contatos também aumenta, apesar de que, andou aparecendo um povo estranho na minha caixa do Wave, provavelmente, convidados por contatos em comum. Mas, se você não tem com quem conversar no Wave, não se desespere, nem feche a janela; vá até o campo de busca e digite with:public e participe de ondas públicas; acrescentando lang:pt na sua pesquisa, você cai nas Waves em bom e velho português.


Nas ondas públicas você pode debater sobre diversos assuntos, com gente de todas as partes do mundo, como num fórum ou chat, mas sem seguir um modelo linear; qualquer blip (intervenção) pode ser respondida, editada ou deletada a qualquer instante independente da parte da conversa em que ela ocorreu. Mas se você é organizadinho, não tem problema, utilize a função playback que ela te mostra tudo na ordem em que ocorreu.

A idéia do Wave, no fim das contas é reunir diversos serviços num local só e em tempo real, mas ainda vai levar um tempo pra que os usuários consigam explorar bem essa possibilidade.

Mas como tem gente que já sacou qual é a do Wave, robots e gadgets já surgem para agregar utilidade ao Wave, então se você sabe programar está aí um filão a ser explorado.

Vale lembrar que o Wave ainda está engatinhando, falhas são comuns nesse estágio, então tenha paciência e seja visionário antes de desprezar sua conta no Wave e dizer que ele não presta pra nada; no futuro você pode se arrepender dessas palavras, ok crianças?

Pode ser interessante para você

2 comentários

#ad

Flickr Images

Web Analytics