Não me deixe

Coitada de Britney Spears e outras pseudo cantoras que precisam dos escândalos para sobreviver na mídia, e quando os escândalos acabam, fi...



Coitada de Britney Spears e outras pseudo cantoras que precisam dos escândalos para sobreviver na mídia, e quando os escândalos acabam, ficam relegadas à própria mediocridade.

Sim por que Britney é medíocre e diante de Maysa, uma mulher realmente revolucionária, e dona dos grandes escândalos da música em seu tempo, ela é apenas um arremedo de cantora e de mulher.

Eu já conhecia Maysa, (ser filha de um colecionador de discos tem suas vantagens...)E minha mãe é uma fã convicta dessa cantora, louca, corajosa, elegantérrima até em seus escândalos, em suas polêmicas, dona de um gênio do cão e de uma voz primorosa.

A minissérie "Maysa - Quando fala o coração" é um trabalho primoroso, de um filho que hoje entende a grandiosidade da mãe como artista, mas que gostaria de ter tido um pouco mais de seu amor e presença.

Maysa morreu em 1977 num acidente na ponte Rio Niterói, jovem, sem dinheiro, sozinha...Sua vida foi marcada por sua sede de felicidade que ela parecia nunca encontrar, por ela acabou um casamento milionário, abandonando marido e filho, envolveu-se em vários amores, fumava descontroladamente, num tempo em que era elegante e sensual fumar, bebeu desmesuradamente, mais do que muitos homens conseguem suportar, assumiu todos os seus atos, todos os seus gestos, todas as suas palavras, era compositora num tempo em que raríssimas mulheres se atreviam a tal feito, cantava lindamente, como não se ouve mais...sua voz é um ultraje em tempos de edição de canais, playbacks e cantoras de tonalidade entediada, talvez por não conseguirem nada melhor

Definitivamente não se fazem mais grandes cantoras como antigamente.


Maysa - Ne me quitte pas traduzida

Pode ser interessante para você

0 comentários

#ad

Flickr Images

Web Analytics