Maneiras e maneiras de se dizer algo

Essa semana tivemos mais um caso de morte violenta e chocante na cidade; um dentista foi assassinado após ser extorquido por um garoto com e...

Essa semana tivemos mais um caso de morte violenta e chocante na cidade; um dentista foi assassinado após ser extorquido por um garoto com ele vinha se encontrando a uns dois meses, isso, todos aqui em Uberaba já sabem, foi o assunto da semana.
Como eu tenho o abençoado hábito de ler os jornais todos os dias aqui pela net, (por falar nisso, bem que vocês poderiam atualizar a página do jornal, durante a madrugada ou nas primeiras horas da manhã; é muito chato, ao meio dia entrar no site e ver que as notícias do dia anterior ainda estão lá) tive o desprazer de ler em um dos periódicos da cidade, na coluna de um cidadão que nem merece comentários, que o tal dentista morreu por causa da sua orientação sexual! Sim, pra esse jornalista, que tem uma coluna diária e que acaba, sendo por isso, formador de opinião, o dentista morreu por ser homossexual!
No outro jornal, os comentários já foram mais sensatos e profissionais; em uma coluna o jornalista afirmou que os homossexuais precisam reavaliar a maneira vulnerável com a qual se expõem a jovens oportunistas e inescrupulosos, que não hesitam em abusar, espancar, extorquir e até matar ...
No dia seguinte, nesse segundo jornal, o responsável por outra coluna disse que não foi por ser homossexual que o dentista foi morto; foi pelo fato de que hoje em dia, ninguém conhece ninguém; quantas mulheres são mortas pelos maridos, quantas crianças são vítimas de violência dentro de casa?
E por quê a culpa é sempre da vítima? Disseram que Lauanda morreu por ser lésbica, Virlânea por ter abandonado o namorado pobre, meninas são violentadas pelos pais dentro de casa e a culpa será delas também?
Nada que se faça, justifica ser assassinado, todos têm direito à vida e a buscar a própria felicidade da maneira que melhor lhe convier, respeitando sempre o direito do outro.
Lamento muito que pessoas como o jornalista do primeiro comentário, tenham espaço para dizer absurdos tão grandes e agradeço sinceramente que haja pessoas que consigam transmitir uma informação ou uma opinião, coerente, justa e com o mínimo de respeito com a inteligência de quem lê.
E mais uma vez meu protesto; é horrível é acintoso, é desrespeitoso que vocês publiquem a foto do cadáver na cena do crime, se fosse da minha família eu processaria, que direito vocês têm de expor assim, a desgraça alheia? Os veículos de comunicação tem o papel de informar jamais o de explorar as pessoas.

Pode ser interessante para você

1 comentários

#ad

Flickr Images

Web Analytics