Pra me redimir

Pois é passei uma bela semana sem postar e devido a isso, vou fazer um post meio cooooooooooomprido, rsrsrsrs. Primeiro, minha ausência tem ...

Pois é passei uma bela semana sem postar e devido a isso, vou fazer um post meio cooooooooooomprido, rsrsrsrs.
Primeiro, minha ausência tem nome e é um nome que começa com C e termina com C também; trata-se da empresa de telecomunicações que quase monopoliza o serviço de internet na cidade.
Digo quase, por que em muitos bairros, como o meu por exemplo, outras opções de acesso à internet simplesmente não chegam e acabamos obrigados a fazer uso de um serviço que nem sempre nos agrada.
Pior do que passar dias sem o serviço de internet, é saber que você não tem como chutá-lo e trocar por outro, pelo simples fato que não há outro disponível na sua região.
Bom continuando, isso me fez pensar nas coisas que odeio em Uberaba. E isso me faz lembrar de meus ilustríssimos representantes políticos. Desde que a imprensa foi tomada pelo caso Eloá, venho assistindo ao TV Câmara pois, meu interesse em saber o que anda sendo feito com meu dinheiro, é inversamente proporcional ao meu interesse mórbido. Pois bem a primeira constatação que fiz é de como o português deles é sofrível, como falam mal, como se expressam mal, e a tentativa deles de parecerem cultos e articulados, quase beira o cômico (se não fosse trágico). É claro que há exceções, mas mesmo estes acabam escorregando. E outra, se eles tem um microfone diante de si para falar, por que gritam, por que falam empostando a voz como se estivessem num palanque em pleno comício? Pois então, afora isso, observei outras coisas. Por exemplo a votação relativa à compra de filtro ou bloqueador solar para os funcinários da prefeitura que trabalham expostos ao sol, apreciada no dia 03 de outubro. Em resumo eles estava discutindo a constitucionalidade do projeto, e estyava buscando uma maneira de levar o assunto à votação. O que eles provavelmente ignoram é que a SMS já havia tradado desse assunto, ainda no mês de agosto, e que o dinheiro utilizado para a compra do produto, vem de um programa federal vinculado à Saúde da Família, ou seja, nada do qual eles devam se ocupar.Mas tudo bem não é a primeira vez que eles chegam atrasados ao assunto. Lembro-me do ano passado quando um deles foi à imprensa dizendo que era necessário criar uma lei que obrigasse os Agentes Comunitários de Saúde a apresentar atestado de bons antecedentes para ser contratado.
Dã, esperto, consta no edital de contratação publicado no Porta Voz de Uberaba, que o nada consta é um dos documentos exigidos no ato da contratação.
Deveriam pedir atestado de bons antecendentes antes de diplomar vereadores, prefeitos, deputados e todos os demais...E não é que agora, ao apagar das luzes, surge um pedido de cassação contra um dos ilustríssimos vereadores? Por que só agora? Por que quando ele foi julgado culpado pela justiça a cassação não foi votada? Por que fomos obrigados a pagar salário para um político considerado inelegível (tanto que passou a campanha eleitoral toda tentando iludir seu eleitorado fingindo estar apto para ser reeleito e no fim perdeu os quase 2000 votos que conseguiu?).
Agora, faltando menos de 60 dias para o fim do mandato, ALGUÉM acha que esse cidadão será cassado? Não amiguinhos, ainda iremos sustentá-lo por mais um mês e se a justiça julgar procedente, ainda pagaremos 13º salário a esse cidadão.
E por falar em 13º buá, buá buá o meu só sairá em dezembro, snif, snif, snif.
Bom agora o dever me chama, mas ainda hoje posto a continuação das minhas lamúrias, rsrsrsrsrs
Beijos e perdoem a ausência!!!

Pode ser interessante para você

3 comentários

#ad

Flickr Images

Web Analytics