Onde está Virlanea?

Essa jovem de sorriso bonito é Virlanea Augusta de Lima acadêmica do XII Período de Medicina da UFTM e está desaparecida desde a manhã d...




Essa jovem de sorriso bonito é Virlanea Augusta de Lima acadêmica do XII Período de Medicina da UFTM e está desaparecida desde a manhã de domingo dia 12 de outubro, quando saiu de casa para ir até o hospital de Clínicas onde estagia.

A polícia foi acionada ainda no domingo pois a estudante nem pegou o ônibus no ponto próximo à sua casa no Jardim Maracanã nem apareceu no hospital; trajava tênis, calça jeans, regata branca e rosa, jaleco e bolsa de sarja verde.

A polícia não divulga maiores informações para não atrapalhar nas buscas, mas sabe-se que a bolsa dela, sem os documentos e o celular foi encontrada às margens da Av. Filomena Cartafina apenas com um extrato bancário da jovem e um cartão de crédito.

Um dos jornais de Uberaba afirma que uma testemunha viu Virlanea entrar em um carro marrom e segundo familiares e amigos, ela não era de aceitar caronas...

Quando éramos crianças, nossas mães nos aconselhavam a não falar com estranhos...Mas o que fazer quando somos vítimas de nossos conhecidos, familiares, amigos?

A jovem Lauanda foi assassinada em dezembro de 2007 e seu corpo foi jogado em um matagal dentro da cidade, e as investigações apontam para duas pessoas de seu círculo de convívio como responsáveis por sua morte; em julho desse ano, Paulo César Silva Pereira de 23 anos foi morto e carbonizado por seu namorado José Roberto...

E muitos outros casos cruéis e bárbaros de violência praticada por pessoas próximas, não só em Uberaba, mas em todo o país, em todo o mundo...

Em quem confiar? Como desenvolver bons sentimentos e cidadania em nossos filhos, se o mundo que surge diante de seus olhos é estranho e mal, se precisamos também ensiná-los a não confiar? Como pedir para que sejam bons se as pessoas ao seu redor não o são?

Até quando as mulheres ainda serão objetos? Se você não é minha não será de mais ninguém, quantas não ouviram essa frase? E a violência sexual, a mídia, a moda, que nos coloca como meros objetos?

Onde está nosso direito de decidir nossos caminhos?

"Pensem nas meninas cegas inexatas...
Pensem nas mulheres rotas alteradas...
Pensem nas feridas como rosas cálidas
Más óh não se esqueçam da rosa da rosa..." (Vinícius de Morais)

Quem tiver notícias sinceras, por favor, entre em contato com o 190

Pode ser interessante para você

2 comentários

#ad

Flickr Images

Web Analytics