Campanha Nacional de Erradicação da Rubéola

Não tem problema se eles não disponibilizam o material do site, não tenho preguiça eu digito, rsrsrsrsrs Vacinações ficam abaixo da meta Mat...

Não tem problema se eles não disponibilizam o material do site, não tenho preguiça eu digito, rsrsrsrsrs

Vacinações ficam abaixo da meta
Matéria de Fernando Natálio

Vacinações contra a rubéola e a poliomelite em Uberaba, ainda estão bem longe da meta. A imunização contra a primeira doença atingiu, por enquanto, menos de 15% de homens e mulheres entre 12 e 39 anos. E as doses contra pólio, foram aplicadas em apenas pouco mais de um terço da quantidade esperada de crianças de zero a cinco anos
http://www.jmonline.com.br/?canais,8,08,286

O brasileiro é um povo difícil mesmo; se não tem um serviço disponibilizado pelo governo reclam; se têm, não usufrui, e se sofre as consequências de sua irresponsabilidade, exige que o governo resolva.
A rubéola é uma doença cruel, porque é determinante, para uma parcela da população que não tem como se defender: os fetos.
Uma mulher grávida que contraia a rubéola, provavelmente terá quando muito uma febre, e umas manchinhas na pele por alguns dias; a criança que está sendo gerada, se nascer, o fará com deficiências e complicações a a acompanharão pelo resto da vida, como cegueira, surdez, vários níveis de deficiência mental, anomalias cardíacas entre outros.
Então se faz uma campanha de vacinação gratuita, em que se busca imunizar homens e mulheres sem nenhum prejuízo da saúde de qualquer destes, investe-se em informação e o que acontece? Poucas pessoas comparecem para se imunizar. Depois quando as crianças nascem doentes limitadas para o resto de suas vidas, aí sim, essas pessoas que fizeram total pouco caso da campanha de vacinação, correm atrás dos serviços do governo, exigindo atendimento e qualidade de vida para essas crianças, o que é um direito delas, afinal, elas não são culpadas pela irresponsabilidade dos que já estavam aqui.
Para cada um real gasto com a vacina, são gastos 12 reais no tratamento de crianças que nasceram com algum tipo de má formação causada pela rubéola.
Eu já tive rubéola na minha infância, tomei a vacina ano passado para atualizar meu cartão e já me vacinei novamente esse ano.
Vacine-se. O país agradece

Pode ser interessante para você

1 comentários

#ad

Flickr Images

Web Analytics